Águas de Luanda vão ser geridas em parceria luso-angolana

epal

A EPAL Portuguesa e a EPAL angolana celebraram um acordo de prestação de serviços, no âmbito do qual as duas empresas trabalharão em conjunto na gestão da rede de abastecimento de água em Luanda.

De acordo com o comunicado divulgado, as duas entidades irão também cooperar “ao nível da redução de fugas de água, por recurso ao sistema Wone”, desenvolvido pela EPAL portuguesa.

Acções de formação e a implementação de um projecto piloto na ilha de Luanda do software desenvolvido e testado pela EPAL Portuguesa fazem também parte do acordo celebrado, bem como a a realização de campanhas de detecção de fugas, assessoria técnica e ensaios de sectorização no Kilamba e no Bairro de Alavalade.

Recorde-se que no passado mês de Setembro a EPAL angolana participou pela primeira vez no Congresso e Exposição Mundial da Água que se realizou em Lisboa, Na ocasião, o presidente do Conselho de Administração da empresa, Leonídio Ceitas, apontou os projectos hídricos do Bita e do Quilonga Grande, localizados em Luanda, como “os maiores empreendimentos que vão revitalizar o sector logístico e industrial na área das águas”,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s