Expo Milano: Pavilhão de Angola vai ser o maior de sempre

angola-expo-milano

O pavilhão de Angola na Expo Milano 2015 vai ser o maior de sempre em eventos do género com cerca de dois mil metros quadrados, mas a custo controlado. Ao longo de seis meses, a cidade italiana considerada a capital da moda exibirá o retrato de Angola, a sua cultura e gastronomia, as suas gentes e oportunidades.

De acordo com um artigo do jornal ‘Expansão’, “Chamar investidores” é a principal mensagem que Angola quer transmitir aos muitos milhares de visitantes esperados para o certame que tem início já no próximo dia 1 de Maio. A comissária-geral de Angola no evento, Albina Assis, (na foto) considera que este é o maior desafio da participação angolana naquela que é a sua oitava presença em feiras internacionais, com a atracção de investimento como elo comum, divulgando as qualidades de Angola passando pelo turismo, indústria, agricultura e serviços.

“Este ano, esta mensagem tem de ser ainda mais acutilante. Pelo momento que vivemos, há uma necessidade intrínseca de dizer aos investidores para virem para Angola, porque somos um centro de negócios aberto ao mundo”, declarou ao ‘Expansão’ Albina Assis. Segundo a comissária, as expos têm dado frutos, quer pelo que mostram do País, quer por proporcionarem encontros entre empresários nacionais e de outros países.

“Há aqui muitas oportunidades”, sublinha a ex-ministra dos Petróleos, que quer também promover o turismo em Angola: “Temos de ser um país de turismo, e temos todas as condições para isso”, assegura a responsável, sublinhando que essa mensagem será passada desde logo no acesso à entrada do Pavilhão de Angola na exposição, onde serão expostas as Sete Maravilhas do País.

O orçamento do pavilhão angolano foi de apenas seis milhões de dólares, muito inferior ao do Brasil que custou cerca de vinte milhões. A programação inclui três a quatro espectáculos por dia e serão promovidas cinco caravanas temáticas Luanda-Milão-Luanda, entre Maio e Outubro. A coordenação da animação para as crianças está a cargo de Alice Berenguel. Haverá um jardim infantil, com um espaço reservado para actividades ligadas à agricultura.

“Também haverá uma atenção especial à mulher, incluindo com projecções no interior. Pelo papel que têm na sociedade angolana, mas também na ligação ao subtema que Angola escolheu para a sua presença: Educação e Cultura: Educar para Inovar. O tema da Expo Milano é Alimentar o Planeta”, sublinha o ‘Expansão’.

Ditutala Lucas Simão, comissário-geral adjunto, assegura que esta será uma “experiência memorável do ponto de vista pedagógico, lúdico e científico”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s