Ernst & Young aplaude política fiscal angolana

ernst

A vitalidade de qualquer Economia depende grandemente do seu sistema fiscal e do peso do mesmo junto das empresas e dos cidadãos, determinando ainda de forma decisiva as decisões dos investidores externos. Nesse sentido, de acordo com o Angola Monitor, a prestigiada consultora Ernst & Young veio agora a público para louvar os esforços que têm vindo a ser efectuados pelo Governo angolano desde 2011 neste campo, renovando a legislação tributária e tornando-a mais eficaz a nível interno e mais atractiva para a captação de investimento estrangeiro. 

De acordo com o Angola Monitor – que cita também o jornal português Diário Económico – o Partner da Ernst & Young em Portugal, António Neves, afirmou que «o esforço que Angola tem vindo a empreender é de “aplaudir”, abrindo caminho a “uma melhoria do regime fiscal” para o sector não-petrolífero, numa altura em que a diversificação da actividade económica é uma prioridade»,

“A nova pauta aduaneira e a nova lei do investimento privado, que facilitou o acesso a incentivos, nomeadamente fiscais, através de projectos de investimento contratados com a Agência Nacional de Investimento Privado, estão entre as principais medidas propostas”, considera o mesmo artigo. Mais sobre o assunto pode ser lido aqui.

Advertisement

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s